100%

Confira como foi o uso da tribuna na sessão ordinária desta segunda-feira, 09 de abril de 2018

Confira como foi o uso da tribuna na sessão ordinária desta segunda-feira, 09 de abril de 2018 Foto: Fernando Sombrio / Assessor de Comunicação da Câmara de São Ludgero
Vereadora Maria Marlene Schlickmann (PMDB) –

No espaço reservado a vereadora, fez uso da palavra a aluna da Apae de São Ludgero, Rúbia Warmeling, com intuito de convidar a população sãoludgerense para participar de Jantar Dançante organizado pela entidade.
A vereadora Maria Marlene Schlickmann falou sobre o convite da aluna e reforçou que a Apae precisa do apoio de todos.
Em outro momento parabenizou a secretaria de educação cultura e esportes e a Apae pela realização de seminário municipal de ação inclusiva realizado recentemente sobre autismo e deficiência intelectual.
Ela também falou sobre a organização da educação no município de São Ludgero. Frisou que a educação brasileira é organizada em duas etapas, sendo a Educação Básica com educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, também a educação superior constituída por graduação e pós-graduação. Segundo a LDB em seu artigo 10 (dez) inciso 6 (seis) o Estado deve assegurar o ensino fundamental e oferecer com prioridade o ensino médio e juntamente com isso assumir o transporte dos alunos da rede estadual. Já no artigo 11 (onze), diz que o município tem que oferecer educação infantil em creches e pré-escolas e com prioridade o ensino fundamental e assumir o transporte dos alunos da rede municipal. A vereadora explicou que em São Ludgero até o 5º ano existe o atendimento na rede municipal de ensino, ou seja, de crianças com idades de 0 até 12 anos. Quanto ao ensino médio, comentou que tem o ensino de formação geral, ensino médio inovador, o ensino médio integrado educação profissional, formação ensino médio magistério e ensino médio integral que está sendo implantado como experiência este ano.  Ressaltou que o ensino médio inovador tem como principal objetivo oportunizar ao adolescente e ao jovem a ampliação do tempo escolar, garantindo a formação integral com a inserção de atividades que tornem o currículo mais integrado, dinâmico, com conteúdos organizados a partir de um planejamento interdisciplinar construído coletivamente.
A vereadora falou que atualmente no período matutino existem duas turmas de 1ª série de ensino médio, uma turma de 2ª e uma de 3ª. Na parte da tarde temos o ensino médio geral com uma turma de 1ª, duas de 2ª e uma de 3ª série. No período noturno estudam duas turmas de cada série. Dito isto ela frisou que está no plano estadual de educação passar o ensino médio todo para o período diurno e que em 2010 já havia esta meta e que deveria ter atingido até 2014, mesmo assim agora tem até 2020, pois a Lei 13.415 de fevereiro de 2017 fez uma série de alterações no ensino médio, que no prazo máximo de cinco anos, a carga horária deverá passar de 800 horas para no mínimo 1000 hora, serão necessários períodos de ensino integral, onde não tem como o aluno não estudar pelo menos uma parte no período diurno e isso modifica drasticamente o ensino. Dito isto, comentou sobre cobranças que recebeu sobre não haver o transporte escolar no período noturno e que conversou com responsáveis pela área sendo informada que não houve demanda neste sentido, pouca procura, mas se colocarão a disposição para atender cada situação de transporte na sua individualidade e que hoje estão sendo atendidas todas as demandas. A vereadora lembrou que existe um decreto estadual nº 1069, de 21 de fevereiro de 2017 que faz a transferência mensal de recursos financeiros conforme a distância percorrida e a quantidade e densidade de alunos em qualidade coletiva e não individual. Por fim parabenizou e desejou sucesso ao prefeito recém empossado, Ibanês Lembeck.
 
Vereador Lupércio Becker (PSDB)
 
O vereador Lupércio Becker falou sobre a nova diretoria do Conseg (Conselho de Segurança), frisou a presidência de Fernanda e o senhor Maurício como vice e que várias ideias surgiram, comentou que estão bem empolgados para pôr elas em prática. Em outro momento o vereador cobrou e execução do projeto de sessões itinerantes nas comunidades do Município e da Câmara Mirim, que são ideias boas que foram levantadas e podem ser colocadas para funcionar. O vereador agradeceu a Secretaria Municipal de Saúde, pela presença de um funcionário em jogos do campeonato municipal de campo, onde ocorreu um episódio no último fim de semana. Um jogador passou mal e foi atendido prontamente por um profissional da área. Lupércio afirmou que foi uma cena grave e que se não fosse este profissional o atleta poderia ter falecido. Por fim, cobrou a continuidade nos projetos de nomenclaturas de ruas, pois os moradores das que permanecem sem nomes estão enfrentando dificuldades para receber correspondências.
 
 
 
 
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 10/04/2018 - 13:52:06 por: Amilton Becker - Alterado em: 10/04/2018 - 13:52:06 por: Amilton Becker

Notícias

Incentivo financeiro para realização de Palestra Motivacional da Mulher é aprovado
Incentivo financeiro para realização de Palestra Motivacional da Mulher é aprovado

A Administração Municipal de São Ludgero está autorizada a realizar despesas, por intermédio do Fundo Municipal de Saúde, em forma de apoio/incentivo, com o evento “6ª Palestra Motivacional da Mulher”, no valor de até R$ 6.000,00 (seis mil reais), a ser realizado em parceria com a Associação Interativa de Mulheres – ASSIM. Projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores.

Confira as matérias deliberadas na sessão ordinária de segunda-feira, 18 de junho de 2018.
Confira as matérias deliberadas na sessão ordinária de segunda-feira, 18 de junho de 2018.

Projeto de Resolução Nº 03/2017, que institui no âmbito do município de São Ludgero a Câmara Mirim.

Art. 1º - Fica instituído no âmbito do Município de São Ludgero, Estado de Santa Catarina, o programa VEREADOR MIRIM, com o objetivo geral de promover a interação entre a Câmara Municipal e a escola, permitindo ao estudante participar do processo legislativo e compreender o papel do Poder Legislativo Municipal dentro do contexto social em que vive, contribuindo assim para a formação de sua cidadania e compreensão dos aspectos políticos da sociedade brasileira, proporcionando sua conscientização sobre a participação política ativa na vida do meio social.

Confira as matérias deliberadas na sessão ordinária de segunda-feira, 04 de junho de 2018.
Confira as matérias deliberadas na sessão ordinária de segunda-feira, 04 de junho de 2018.

No expediente foram registrados: Oficio da Prefeitura Municipal de São Ludgero encaminhando o Projeto de Lei Ordinária Nº 24/2014, que autoriza o chefe do Poder Executivo a celebrar termo de colaboração com a APAE de São Ludgero. Após a leitura foi encaminhado para a análise das comissões de Constituição e Finanças e de Saúde, Educação e Cultura.
Oficio da Prefeitura Municipal de São Ludgero encaminhando o projeto de Lei Ordinária Nº 25/2014, que autoriza o chefe do Poder Executivo Municipal a sortear bicicletas aos participantes da caminhada em comemoração ao aniversário do Município. Após a leitura foi encaminhado para a análise das comissões de Constituição e Finanças e de Saúde, Educação e Cultura.

Projeto aprovado visa banir árvore africana de São Ludgero
Projeto aprovado visa banir árvore africana de São Ludgero

Fica vedado não só o plantio, mas também a produção de mudas da “Spathdea Campanulata”, também conhecida como “Espadótea, “Bisnagueira”, “Tulipeira – do – Gabão”, “Xixi – de – Macaco” e “Chama – da – Floresta”. O projeto ainda incentiva a substituição das existentes no Município.