100%

Confira quais foram os assuntos da sessão ordinária desta segunda-feira, 29 de outubro na Câmara Municipal de São Ludgero.

No expediente foi registrado o oficio da Prefeitura Municipal de São Ludgero que encaminha o Projeto de Lei Ordinária Nº 36/2018, que estima a receita e fixa a despesa do município de São Ludgero para o exercício financeiro de 2019, bem como encaminha o Projeto de Lei Ordinária Nº 37/2018, que autoriza o Poder Executivo Municipal a proceder alienação de bens móveis constante do patrimônio público. Depois de lidos, os projetos foram encaminhados para a análise das Comissões de Constituição e Finanças e de Saúde, Educação e Cultura.

Na Ordem do Dia foram deliberados: Projeto de Lei Complementar Nº 16/2018, alterando a Lei Municipal Nº 1183/2004, que trata de cláusula de reversibilidade de imóvel.

Artigo 1º - Fica incluído o Artigo 3º-A, na Lei Ordinária nº 1.183 de 04 de Junho de 2004 com a seguinte redação:

Artigo 3º-A: Para efeitos da Cláusula de Reversibilidade de que trata o artigo anterior, esta extinguir-se-á em 04 de Junho de 2024, tornando-se a empresa ARTPLAST INDUSTRIA E COMERCIO DE PLÁSTICOS LTDA - CNPJ nº 06.064.123/0001-72 proprietária exclusiva do imóvel descrito no artigo 1º da Lei 1.183 de 04 de Junho de 2004.
A referida Lei autorizou o Município de São Ludgero a doar imóvel rural a titulo de incentivo industrial à empresa ARTPLAST INDUSTRIA E COMERCIO DE PLASTICOS LTDA – CNPJ nº 06.064.123/0001-72.

O Projeto de Lei ora proposto visa sanar a obscuridade quanto ao prazo da cláusula de reversibilidade, a qual ora se propôs que se extinguirá em 04 de Junho de 2024, ou seja, 20 anos após a doação, haja vista que com esse prazo se presume a solidez e a função social da empresa donatária.

Após alguns comentários foi aprovado por unanimidade em primeira votação.
 
 Projeto de Lei Ordinária Nº 35/2018, que abre crédito adicional suplementar.
Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir crédito adicional Suplementar no valor total de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais).

Após alguns comentários foi aprovado por unanimidade em primeira votação.

No espaço destinado às explicações pessoais fizeram uso da tribuna os vereadores Leo Fuchter e Maria Marlene Schlickmann.

Vereador Léo Fuchter (MDB) –

Em um primeiro momento o vereador comentou sobre a eleição que ocorreu no último domingo, 28 de outubro. Mencionou o ato como festa da democracia. Declarou votos de sucesso aos vencedores e que fica torcida para que as bandeiras partidárias permaneçam enroladas e o trabalho siga daqui pra frente. Disse que escutou atentamente ao discurso do presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro, e ressaltou que este discurso falou em unir o país, independentemente de cor, raça ou credo. Ressaltou uma colocação que considera muito importante para o movimento municipalista que é a diminuição do Estado e aumento do Município na questão de capital financeiro. Mencionou que isto é uma notícia enriquecedora. Que isto torna o município maior na prestação de serviço, um gasto mais próximo das pessoas, com consequentemente fiscalizarão mais próximas também. Disse que trará bons frutos. Por fim parabenizou e agradeceu o vereador Valério Becker por substitui-lo e desejou votos de sucesso ao deputado eleito, Volnei Weber, e que juntos todos os eleitos possam transformar nosso país, através desse que foi o voto da esperança, da mudança.

Vereadora Maria Marlene Schlickmann (MDB) –

A vereadora falou que após questionada sobre a implantação de uma área industrial no Município foi atrás de informações com o Executivo Municipal, onde esteve reunida acompanhada do presidente da Câmara de Vereadores, Benicio Warmeling, com o prefeito, Ibânes Lembeck.
Disse que segundo informações do prefeito, trata-se de um terreno com dois hectares, ou seja, vinte mil metros quadrados, que faz extrema ao norte com a propriedade do senhor Eduardo Bianco e ao Sul com a propriedade de Antônio Becker. Que está localizado na margem esquerda da Estrada Geral Barra do Norte, próximo a empresa do senhor Alônio Schlikmann.
A vereadora comentou que o prefeito solicitou ao engenheiro Alexandre Martins e a equipe de topografia da Amurel para analisar a viabilidade de uso do citado terreno, tendo em vista que ele é um pouco acidentado e é cortado por um córrego e conforme a legislação, precisa ter uma restrição de quinze metros para cada lado como área de preservação permanente, conhecida com APP. Comentou que foi visitar o local junto com o presidente, Benicio, e o prefeito Iba.  A vereadora ressaltou que a implantação de uma área industrial é muito importante para a geração de renda e movimentação econômica do Município.
Para finalizar a vereadora evidenciou que se aproxima o dia de finados e com isso muitas pessoas limpam os túmulos e levam vasos de flores e velas aos seus entes queridos no cemitério. Mas junto disso vem a preocupação e a conscientização para que evitem deixar água parada em vasos, nos túmulos, etc. Que evitem a proliferação do mosquito Aedes Aegypt, transmissor de diversas doenças.
 
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 30/10/2018 - 09:59:12 por: Amilton Becker - Alterado em: 30/10/2018 - 09:59:12 por: Amilton Becker

Notícias

Conheça alguns direitos dos pacientes com câncer de próstata.
Conheça alguns direitos dos pacientes com câncer de próstata.

O penúltimo mês do ano é marcado pela campanha Novembro Azul, que visa conscientizar os homens a respeito da importância da prevenção ao câncer de próstata. Além dos cuidados necessários para um diagnóstico precoce, outro aspecto importante é a divulgação sobre os direitos desses pacientes, uma vez que for descoberta a doença.

Confira os assuntos da sessão ordinária de segunda-feira, 15 de outubro
Confira os assuntos da sessão ordinária de segunda-feira, 15 de outubro

No expediente foram registrados: Oficio da Prefeitura Municipal de São Ludgero encaminhando balancete do Executivo Municipal, bem como do Fundo Municipal de Saúde referente ao mês de agosto de 2018. Após a leitura o balancete foi encaminhado para a análise das Comissões de Constituição e Finanças e de Saúde, Educação e Cultura. Oficio da Prefeitura Municipal de São Ludgero convidando a todas para participarem de audiência pública para a elaboração da Lei Orçamentária Anual que será realizada no dia 22 de outubro de 2018.

Confira as matérias deliberadas na Sessão Ordinária desta segunda-feira, 08 de outubro na Câmara Municipal de São Ludgero
Confira as matérias deliberadas na Sessão Ordinária desta segunda-feira, 08 de outubro na Câmara Municipal de São Ludgero

No expediente foram registrados os ofícios da Prefeitura Municipal de São Ludgero encaminhando balancetes do Executivo Municipal, bem como do Fundo Municipal de Saúde referentes aos meses de maio, junho e julho de 2018. Após a leitura os balancetes foram encaminhados para a análise das Comissões de Constituição e Finanças e de Saúde, Educação e Cultura.

Confira os assuntos da sessão ordinária desta segunda-feira, 24 de setembro de 2018
Confira os assuntos da sessão ordinária desta segunda-feira, 24 de setembro de 2018

O senhor presidente Benicio Warmeling realizou a abertura dos trabalhos da Sessão Ordinária e solicitou a vereadora Maria Marlene Schlickmann, secretária, para que procedesse a leitura do ofício de convocação do suplente da coligação MDB/PR/PSB/ PRB e PP, na sequencia o senhor Valério Becker suplente da coligação apresentou junto a mesa diretora seu diploma de suplente expedido pela Justiça Eleitoral e sua declaração de bens, posteriormente proferiu seu termo de compromisso, em seguida tomou posse do cargo de vereador enquanto perdurar a licença do titular da cadeira, vereador Léo Fuchter, compondo a comissão de Constituição e Finanças desta Casa Legislativa.

Incentivo financeiro para realização de Palestra Motivacional da Mulher é aprovado
Incentivo financeiro para realização de Palestra Motivacional da Mulher é aprovado

A Administração Municipal de São Ludgero está autorizada a realizar despesas, por intermédio do Fundo Municipal de Saúde, em forma de apoio/incentivo, com o evento “6ª Palestra Motivacional da Mulher”, no valor de até R$ 6.000,00 (seis mil reais), a ser realizado em parceria com a Associação Interativa de Mulheres – ASSIM. Projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores.