100%

Confira os assuntos da sessão ordinária de segunda-feira, 03 de dezembro de 2018.

No expediente foi registrado o oficio Nº 1.561/2018, da Prefeitura Municipal de São Ludgero, encaminhando o Projeto de Lei Ordinária Nº 51/2018 que propõe a ratificação das alterações realizadas no Protocolo de Intenções no Contrato de Consórcio Público do Consórcio de Informática na Gestão Pública Municipal.  Depois de lido, o projeto foi encaminhado para a análise da Comissão de Constituição e Finanças. Oficio Nº 1594/2018, da Prefeitura Municipal de São Ludgero, encaminhando a substituição do Projeto de Lei Complementar Nº 15/2018, que dispõe sobre o Código Tributário Municipal. Depois de lido, o projeto foi encaminhado para a análise da Comissão de Constituição e Finanças.
 
Na Ordem do Dia foi deliberado o Projeto de Lei Ordinária Nº 50/2018, que abre crédito adicional suplementar. Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir crédito adicional Suplementar no valor total de R$ 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil reais)
Justificativa: Com o grande número de pavimentação de vias urbanas e estradas de acesso as comunidades Rurais onde a base da pavimentação é feita com maquinas, equipamentos e estrutura próprios do Município, o setor de obras e viação tem demandado grande soma de recursos para poder atender o andamento dos serviços.
Depois de alguns comentários foi aprovado por unanimidade em primeira votação. Foi aprovada, por unanimidade, a quebra do interstício regimental do Projeto de Lei Ordinária Nº 50/2018, o qual foi novamente colocado em discussão e votação, sendo aprovado por unanimidade em segunda votação.
 
Projeto de Lei Ordinária Nº 18/2018, que altera a Lei Municipal Nº 1685/2010, instituindo o Programa Proteção Animal no município de São Ludgero.
 Art. 1º - Fica instituído o Programa de Proteção Animal no Município de São Ludgero, objetivando, de forma permanente e ininterrupta, tratamento, recuperação, castração e inserção de microchip/tatuagem de identificação, aos animais feridos, maltratados, errantes ou sob a criação e guarda de munícipes cuja condição econômica impossibilite a castração e assistência em clínica particular.
Após algumas considerações foi aprovado por unanimidade em primeira votação.

No espaço destinado para as explicações pessoais fez uso da tribuna o vereador Adriano Becker.
 
Confira como foi o uso da tribuna na sessão de segunda-feira, 03 de dezembro de 2018.
 
Vereador Adriano Becker (MDB) - 
 
O vereador falou que durante a semana passada conversou diversas vezes com o engenheiro Claudio Dandoline, a respeito da obra da ponte e o mesmo disse que estava mantendo contato com a equipe que foi responsável pelo projeto da ponte, onde no dia, 12 de novembro do corrente ano, houve uma conversa, que inclusive foi registrada em ata, de que até o dia 23 de novembro a empresa deveria passar uma solução técnica de como será feito, dos custos e das responsabilidades sobre o que aconteceu com a ponte.
Adriano disse que na última sexta-feira, 30 de novembro, foi recebido documentos que apenas servem para prorrogar o prazo final da conclusão da obra e não foram fornecidos dados suficientes para que se possa mexer de fato na obra. Disse que na terça-feira, 04 de dezembro, segundo o engenheiro Claudio Dandoline, haverá uma reunião na prefeitura para oficializar a empresa, sendo esta responsável notificada extrajudicialmente, para que seja cumprido o que está no contrato. O vereador ressaltou que até o momento nada de concreto foi definido, mas que podem ter certeza que estarão cobrando durante os próximos dias e assim que obtiverem respostas estará passando a toda população. Aparte o vereador Benicio Warmeling reforçou que foi feita uma ata na citada reunião do dia, 12 de novembro, escrita à mão, onde o prazo já expirou. Adriano disse que espera que se encontre uma solução o mais rápido possível, pois todos sabem que o trânsito piora a cada dia. Aparte o vereador Lupércio Becker comentou que as explicações são para toda a população, que o povo cobra e questiona quem custeará a despesa. Aparte o vereador Léo Fuchter disse que é importante registrar, que os vereadores são muito cobrados no dia-dia pelo que vem acontecendo, que este fato da ponte assustou as pessoas e a administração também, e muito pelo contrário do que algumas pessoas dizem por aí, que estão escondendo informações, afirmou que não tem ninguém escondendo nada, é que se preocupam muito mais em resolver o problema e estão todos preocupados. Afirmou que o responsável tem que vir e pagar essa conta, se teve alguém que cometeu algum pecado nessa história tem que pagar a conta. Disse pensar que a empresa não está honrando com os prazos e compromissos e acha que ela deve ser punida por isso. Que se tem responsabilidade e o setor de engenharia que projetou, o fez de maneira equivocada e não previu esta possibilidade, pensa que deve ser cobrado também, mas que de imediato a preocupação não é encontrar culpados, é resolver o problema. Que é uma preocupação do povo de São Ludgero, depois de resolver, aí sim apurar a responsabilidade. Adriano desejou que a ponte fique pronta o quanto antes, mas com segurança a toda população, e que é para isso que se está trabalhando.
Em outro momento o vereador falou sobre a realização da 2ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de São Ludgero, realizada no dia 29 de novembro, onde assistiram a uma palestra muito interessante e foi discutido o que pode ser melhorado neste sentido, escutando as pessoas idosas dando voz e vez a elas. Disse que a abertura da conferência aconteceu com a participação do Secretário de Assistência Social e Habitação, Valcemir Villani, a presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa, Simonete Locks Weber, Julita Becker Boeger representando todos os idosos do município, o prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, e o presidente da Câmara de Vereadores, Benício Warmeling. Comentou que logo após, foi feito uma apresentação de dança e vê com bons olhos essas discussões, onde as pessoas que precisam de mais respeito e carinho possam ser ouvidas. Com certeza deve-se discutir melhorias para o futuro, que todos vão ficar velhos, então é importante trabalhar a questão de acessibilidade, segurança e respeito aos idosos. Por fim parabenizou a equipe da Apec que se sagrou campeã no Coroa Bom de Bola, que a equipe conseguiu reverter a partida e ganhar na prorrogação, onde fez o artilheiro e goleiro menos vazado, em uma noite muito bonita para o futebol, sem discussão, sem confusão. Disse que a arbitragem fez a parte dela e não apareceu, que quando a arbitragem faz um trabalho correto ela não aparece. Parabenizou as demais equipes! Citou Ajax/Niehues que ficou com o terceiro lugar e Galvane que ficou em segundo. Parabenizou a Comissão Municipal de Esportes (CME), em nome de Edimilson Paulo Moraes e toda sua equipe pelo bom trabalho. Parabenizou a imprensa que fez também a cobertura do campeonato.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 04/12/2018 - 10:31:10 por: Amilton Becker - Alterado em: 04/12/2018 - 10:31:10 por: Amilton Becker

Notícias

Confira como foi a sessão ordinária de segunda-feira, 13 de maio de 2019 na Câmara Municipal de São Ludgero.
Confira como foi a sessão ordinária de segunda-feira, 13 de maio de 2019 na Câmara Municipal de São Ludgero.

O secretário de Assistência Social e Habitação, Valcemir Villani, acompanhado da assistente social, Valdira Matias e da psicóloga Celina Lazzari, usaram a tribuna para discorrer sobre a Campanha de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual tem o objetivo mobilizar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar a violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no município de São Ludgero.

Primeiro repasse do FPM de abril soma mais de R$ 3 bilhões
Primeiro repasse do FPM de abril soma mais de R$ 3 bilhões

O primeiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) — que será creditado na quarta-feira, 10 de abril — distribuirá R$ 3.198.220.357,79 entre as prefeituras brasileiras. O valor já considera a retenção destinada ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em relação ao mesmo decêndio de abril de 2018, a quantia teve crescimento de 8,74%. Quando considerada a inflação do período,...

Participantes respondem enquete on-line antes da solenidade de abertura da Marcha
Participantes respondem enquete on-line antes da solenidade de abertura da Marcha

O segundo dia da programação principal da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios começou com a interação do público. Os participantes responderam, inicialmente, a três questionamentos por meio da tecnologia QR Code, disponível para download no celular. Ao todo, a enquete elaborada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) terá 17 perguntas que serão respondidas ao longo da mobilização em Brasília. A CNM iniciou a enquete pedindo ao público para escolher três...

Ponte de São Ludgero leva o nome de Adolfo Schlickmann
Ponte de São Ludgero leva o nome de Adolfo Schlickmann

A iniciativa da então vereadora Andreia é homenagear o cidadão saoludgerense senhor Adolfo Schlickmann, que antes mesmo das construções de pontes no cento do Município foi o precursor da travessia do Rio Braço do Norte em construção fluvial.

Noite de reconhecimento às mulheres de São Ludgero
Noite de reconhecimento às mulheres de São Ludgero

Na noite desta quinta - feira, 07, nove mulheres foram homenageadas com a Comenda "Mulheres que Inspiram", elas representam tantas outras de nossa sociedade que contribuem para um mundo melhor. As histórias foram pesquisadas e apresentadas pelo Assessor da Casa, Fernando Sombrio.

Bibliotecas públicas podem inscrever projetos em convocatória internacional de financiamento
Bibliotecas públicas podem inscrever projetos em convocatória internacional de financiamento

Por meio do Programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas), dirigido pela Secretaria-Geral Ibero-Americana (SEGIB) e coordenado pelo Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe (CERLALC), está aberta a 7ª Convocatória do Concurso de Ajudas. A iniciativa vai destinar US$ 240 mil para projetos propostos por bibliotecas públicas, comunitárias e populares dos países e cidades membros: Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha,...