100%

Ponte de São Ludgero leva o nome de Adolfo Schlickmann

Ponte de São Ludgero leva o nome de Adolfo Schlickmann Fernando Sombrio
Através do Projeto Ordinária de Origem Legislativa C.M. Nº01/2019, autoria de todos os vereadores, fica denominado de Ponte Adolfo Schlickmann a ponte, sobre o Rio Braço do Norte, que liga as ruas João Wessler e Padre Roher, localizada no centro de São Ludgero.  Foi aprovado em duas votações agora segue para a sanção do Prefeito Municipal.

A iniciativa desta matéria tem origem em projeto de lei do ano de 2016, de autoria da então vereadora Andréia da Silva Goulart Madeira, que, por força de previsão regimental, foi arquivado no final daquela legislatura, sendo agora novamente apresentado para discussão e votação entre os edis.

Na sessão desta segunda-feira, 11, foi apresentado um vídeo elaborado pela assessoria de comunicação da Câmara Municipal, o qual informa que na década de 50, a ponte era de madeira e denominada de Ponte Monsenhor Frederico Trombock. Por ser de madeira ela acabou apodrecendo em cerca de dez anos. No lugar dela foi construída uma segunda ponte na década de 60, com aproveitamento dos antigos pilares de pedra. Mais tarde esta ponte acabou sendo carregada com a força das águas, na enchente de 1974. Alguns anos depois, veio a construção da ponte que existe até hoje.

A iniciativa da então vereadora Andreia é homenagear o cidadão saoludgerense senhor Adolfo Schlickmann, que antes mesmo das construções de pontes no cento do Município foi o precursor da travessia do Rio Braço do Norte em construção fluvial, e por isso a sua importância na época para o desenvolvimento local e econômico.

  Foi na carpintaria que Adolfo conseguiu o sustento da família, foram mais de 50 anos de profissão, ganhando destaque regional por suas balsas e armações de casas e igrejas. Ficou famoso por seu conhecimento na carpintaria, sendo requisitado em toda a região pelo trabalho de qualidade que oferecia.
No município de São Ludgero foi responsável pela construção de quase todas as balsas que ligavam as margens do Rio Braço do Norte. Balsas essas que eram os únicos meios para atravessar o rio, levando meios de transporte, mercadorias e pessoas de um lado para o outro, de acordo com a necessidade dos usuários. Assim como as balsas tiveram sua importância no passado, a ponte hoje também faz parte desta construção de travessias fluvial que está em nosso cotidiano.

Quem era Adolfo Schlickmann?


Adolfo Schlickmann nasceu no dia 26 de Novembro de 1913, na comunidade Barra do Rio Pinheiros em São Ludgero e registrado em Braço do Norte. Era neto de imigrantes alemães, filho de Henrique Schlickmann e Gertrudes Boeger Schlickmann. Estudou onde hoje é o Escola de Educação Básica São Ludgero, e logo cedo foi aprender a profissão de carpintaria no município vizinho, em Braço do Norte, com o Sr.Guilherme Daufenbach, fabricando charretes e carros-de-boi.
Casou-se com Maria Feldhaus no ano de 1937, e foi morar na comunidade de Capivaras Alta no município de Grão Pará. Ficou viúvo durante o parto do seu primeiro filho, onde perdeu esposa e filho. Casou-se novamente em 1939 com Ágatha Brüning com quem teve 12 filhos: Dorvalino, Rainildes, Uberto, Maria de Lurdes, Ivone, Nair e Norma (gêmeas), Terezita, Albertina, Carmelita, Wilson e Rita de Cássia. Para finalizar, Andreia ressaltou que Adolfo tem os requisitos necessários para dar nome à ponte central de São Ludgero, já que teve participação direta com suas balsas, antecedendo o advento das pontes.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 12/03/2019 - 15:26:44 por: Fernando Sombrio - Alterado em: 12/03/2019 - 15:49:26 por: Fernando Sombrio

Notícias

Confira como foi a sessão ordinária de segunda-feira, 13 de maio de 2019 na Câmara Municipal de São Ludgero.
Confira como foi a sessão ordinária de segunda-feira, 13 de maio de 2019 na Câmara Municipal de São Ludgero.

O secretário de Assistência Social e Habitação, Valcemir Villani, acompanhado da assistente social, Valdira Matias e da psicóloga Celina Lazzari, usaram a tribuna para discorrer sobre a Campanha de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual tem o objetivo mobilizar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar a violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no município de São Ludgero.

Primeiro repasse do FPM de abril soma mais de R$ 3 bilhões
Primeiro repasse do FPM de abril soma mais de R$ 3 bilhões

O primeiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) — que será creditado na quarta-feira, 10 de abril — distribuirá R$ 3.198.220.357,79 entre as prefeituras brasileiras. O valor já considera a retenção destinada ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em relação ao mesmo decêndio de abril de 2018, a quantia teve crescimento de 8,74%. Quando considerada a inflação do período,...

Participantes respondem enquete on-line antes da solenidade de abertura da Marcha
Participantes respondem enquete on-line antes da solenidade de abertura da Marcha

O segundo dia da programação principal da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios começou com a interação do público. Os participantes responderam, inicialmente, a três questionamentos por meio da tecnologia QR Code, disponível para download no celular. Ao todo, a enquete elaborada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) terá 17 perguntas que serão respondidas ao longo da mobilização em Brasília. A CNM iniciou a enquete pedindo ao público para escolher três...

Ponte de São Ludgero leva o nome de Adolfo Schlickmann
Ponte de São Ludgero leva o nome de Adolfo Schlickmann

A iniciativa da então vereadora Andreia é homenagear o cidadão saoludgerense senhor Adolfo Schlickmann, que antes mesmo das construções de pontes no cento do Município foi o precursor da travessia do Rio Braço do Norte em construção fluvial.

Noite de reconhecimento às mulheres de São Ludgero
Noite de reconhecimento às mulheres de São Ludgero

Na noite desta quinta - feira, 07, nove mulheres foram homenageadas com a Comenda "Mulheres que Inspiram", elas representam tantas outras de nossa sociedade que contribuem para um mundo melhor. As histórias foram pesquisadas e apresentadas pelo Assessor da Casa, Fernando Sombrio.

Bibliotecas públicas podem inscrever projetos em convocatória internacional de financiamento
Bibliotecas públicas podem inscrever projetos em convocatória internacional de financiamento

Por meio do Programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas), dirigido pela Secretaria-Geral Ibero-Americana (SEGIB) e coordenado pelo Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe (CERLALC), está aberta a 7ª Convocatória do Concurso de Ajudas. A iniciativa vai destinar US$ 240 mil para projetos propostos por bibliotecas públicas, comunitárias e populares dos países e cidades membros: Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha,...